Peter Sagan venceu o campeonato mundial de ciclismo de estrada em Bergen, Noruega, neste domingo, 24 de setembro. Ele bateu o anfitrião Alexander Kristoff por poucos centímetros para se sagrar o primeiro ciclista da história a vencer três mundiais consecutivos. Ele dedicou o título a Michele Scarponi, ciclista que faleceu em um acidente durante um treino em abril.  Michael Matthews ficou com o bronze.

“Quero dedicar este título a Michele Scarponi, penso muito nele. E dedico também para a minha mulher, que espera um bebê”, disse Sagan após a confirmação do título. O italiano faria aniversário nesta segunda-feira, 25 de setembro, um dia após a disputa na Noruega.

A prova teve 276 quilômetros, mas apesar da distância, a prova só foi decidida nos últimos cinco quilômetros, após um forte ataque do francês Julien Allaphilippe. “No final eu pensei que brigaria pelo quarto ou quinto lugar. Eu só percebi que alcançaríamos o Allaphilippe no último quilômetro. Em seguida, tudo se resumiu ao sprint”.

Além de ser o único tricampeão consecutivo, com 27 anos, Sagan é também o mais novo atleta a ganhar três vezes o título mundial.