Hugo Prado e Lukas Kaufmann, da OCE Cannondale Powerhouse ficaram na 6ª posição na etapa 2 do Brasil Ride 2017 e subiram de 20º para 6º na classificação geral. Com 138km, é a mais longa da competição. “Fizemos uma boa prova, o nível este ano está muito alto. Conseguimos recuperar o tempo que perdemos no prólogo com a quebra da corrente”, explicou Hugo.

Hoje os competidores percorrerão 74 quilômetros muito duros, com quase 2.600 metros de altimetria. A expectativa, de acordo com a dupla é recuperar ainda mais tempo e se encaixar no top 5.

A equipe portuguesa de Tiago ferreira e José Silva venceram com quatro minutos de vantagem em relação à segunda colocada, do atual campeão Fabian Rabensteiner e Michelle Casagrande. Henrique Avancini e Jiri Novak foram os terceiros colocados.

Na categoria Masters, o atleta OCE Abraão Azevedo e sua dupla Bart Brentjens perderam 12 minutos e caíram para a segunda colocação, atrás da equipe tcheca Robert Novotny e Fojtik Ondrej. Na categoria mista, Dani Genovesi e Felipe Miranda estão na 12ª colocação.

Treine conosco!

Se você acredita que pode ter desempenho como o de nossos atletas, ou se quer apenas melhorar a performance, o melhor lugar para treinar é na OCE. Confira nossos planos de acompanhamento esportivo, nossos serviços e produtos no site www.treine.net ou envie um e-mail para oce@treine.net.

Você pode conferir os dados impressionantes da corrida de Hugo e outros atletas no nosso clube do Strava. É só acessar e se inscrever gratuitamente: https://www.strava.com/clubs/Clube-OCE.

Acompanhe também nosso o Facebook e Instagram para saber os principais resultados dos atletas OCE. A Cannondale Powerhouse LT, é patrocinada pela Cannondale Brasil, Powerhouse Brasil, Stages Cycling, Unidas, Continental Pneus, Selins Fisik, Alquimia da Saúde, Compressport Brasil, Giro Sport Center, Dinâmica Saúde, Royal Pro Division e Barbedo Uniformes.